ENTREVISTA: Dom Erwin Krautler

Dom Erwin Krautler, bispo da Prelazia do Xingu (PA), presidente do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), hoje, 29, concede entrevista coletiva e dá autógrafos no seu livro "Servo de Cristo Jesus", na Livraria Paulinas, Metrô Ana Rosa, São Paulo.

Curriculo
Dom Erwin nasceu na Áustria. Fez seus estudos iniciais em Koblach (1945-1951) e Feldkirch (1951-1958), na Áustria. Ingressou na Congregação do Preciosíssimo Sangue. Em Salzburg, realizou seus estudos de filosofia (1959-1962) e teologia (1962-1965). No dia 3 de julho de 1965, em Salzburg, foi ordenado padre. Foi enviado ao Pará como missionário em 1965, onde seu tio Eurico Kräutler era bispo.
Atividades antes do episcopado
Padre Erwin foi Vigário Cooperador de Altamira (1965-1979); pároco de São Francisco Xavier de Souzel (1979-1980); reitor da Escola Apostólica São Gaspar, Altamira, (1967-1974); professor de Filosofia Educacional e Psicologia Educacional no Instituto Maria de Mattias, Altamira (1966-1980); ecônomo da Prelazia do Xingu; encarregado pastoral de Vila Vitória. Recebeu a cidadania brasileira em 198
Episcopado
No dia 7 de novembro de 1980, o Papa João Paulo II nomeou o padre ERWIN KRÄUTLER para a função de prelado coadjutor da Prelazia do Xingu. Recebeu a ordenação episcopal em Altamira, no dia 25 de janeiro de 1981, pelas mãos de Dom Carmine Rocco, Dom Alberto Gaudêncio Ramos e de Dom Eurico Kräutler.
No dia 2 de setembro de 1981, aos 42 anos de idade, é nomeado bispo prelado do Xingu.
Lema: Servus Christi Jesu (Servo de Cristo Jesus).
Atividades durante o episcopado
Foi bispo coadjutor do prelado de Xingu (1981); bispo prelado do Xingu pleno iure a partir de 1981. Foi presidente do Conselho Indigenista Missionário (1983-1991); membro da Comissão Episcopal de Pastora da CNBB, responsável pela dimensão missionária (1995-1998). Foi delegado à Assembléia Especial do Sínodo dos Bispos para a América por eleição da Assembléia da CNBB e confirmado pelo Papa João Paulo II (1997). Novamente Comissão Episcopal de Pastora da CNBB, responsável pela dimensão missionária (1999-2003).
Premiações e menções honrosas
2006
Prêmio José Carlos Castro de Direitos Humanos concedido pela OAB-PA.
Indicação para o Prêmio Sakharov para a Liberdade de Pensamento, do Parlamento Europeu.
2004
Prêmio GlobeArt, Áustria.
1993
Doutor honoris causa em Teologia, concedido pela Fakultät Katholische Theologie der Otto-FriedrichUniversität (Bamberg, Alemanha).
1992
Prêmio Dr. Toni Ruß, concedido pelo jornal Vorarlberger Nachrichten (Áustria).
Cidadão honorário de Altamira, concedido pela Câmara Municipal de Altamira.
Prêmio Dr. Karl Renner, concedido pela cidade de Viena.
Doutor honoris causa em Teologia, concedido pela Theologische Fakultät Luzern (Lucerna, Suiça).
Doutor honoris causa em Ciências Sociais e Econômicas, concedido pela Leopold-Franzens-Universität (Innsbruck, Áustria).
1991
Prêmio Dr. Bruno Kreisky de direitos humanos (Viena).
1989
Prêmio Binding, pelo engajamento na proteção do meio ambiente, concedido pelo Principado de Liechtenstein.
1988
Prêmio Oscar Romero de Direitos Humanos, concedido pela KMB (Organização dos Homens Católicos da Áustria).
Sucessão
Dom ERWIN KRÄUTLER é o 3º bispo prelado de Prelazia do Xingu, sucedeu a seu tio Dom Eurico Kräutler.

Nenhum comentário: