31. Lugares de encontro com Jesus Cristo: as peregrinações aos santuários

O que diz o texto?

O que o texto me diz?

"Ali, nos santuários, o peregrino vive a experiência de um mistério que o supera, não só da transcendência de Deus, mas também da Igreja, que transcende sua família e seu bairro. Nos santuários, muitos peregrinos tomam decisões que marcam suas vidas. As paredes dos santuários contêm muitas histórias de conversão, de perdão e de dons recebidos que milhões poderiam contar.” (DAp 260).

O que o texto diz para minha vida?


O texto fala de outro lugar de encontro com Jesus Cristo, a peregrinação aos santuários:

- nos santuários, o peregrino vive a experiência de um mistério que o supera, transcende sua família e seu bairro.
- nos santuários, muitos peregrinos tomam decisões que marcam suas vidas.
- as paredes dos santuários contêm muitas histórias de conversão, de perdão e de dons recebidos que milhões poderiam contar.
Participo destes momentos tão especiais?
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Faço, com toda a Igreja, a
Oração do Brasil na missão continental
Senhor, Deus da vida e do amor, enviastes o vosso Filho
para nos libertar das forças da morte
e conduzir-nos no caminho da esperança.
Movei-nos pelo dom do vosso Espírito!
Fazei-nos discípulos,
comprometidos com o anúncio do Evangelho em nossa Pátria,
em comunhão com a Missão Continental.
Fazei-nos missionários,
caminhando ao encontro de nossos irmãos e irmãs,
acolhendo a todos, sobretudo os jovens,
os afastados, os pobres, os excluídos.
Virgem Mãe Aparecida,
Intercedei junto ao vosso Filho,
para que sejamos fiéis ao nosso compromisso de discípulos missionários.
Amém.

30a. Lugares de encontro com Jesus Cristo: espiritualidade popular

O que diz o texto?


O que o texto me diz?
Entre as expressões desta espiritualidade contam-se: as festas patronais, as novenas, os rosários e via crucis, as procissões, as danças e os cânticos do folclore religioso, o carinho aos santos e aos anjos, as promessas, as orações em família. Destacamos as peregrinações onde é possível reconhecer o Povo de Deus no caminho. Ali o cristão celebra a alegria de se sentir imerso em meio a tantos irmãos, caminhando juntos para Deus que os espera. O próprio Cristo se faz peregrino e caminha ressuscitado entre os pobres. A decisão de caminhar em direção ao santuário já é uma confissão de fé, o caminhar é um verdadeiro canto de esperança e a chegada é um encontro de amor. O olhar do peregrino se deposita sobre uma imagem que simboliza a ternura e a proximidade de Deus. O amor se detém, contempla o silêncio, desfruta dele em silêncio. Também se comove, derramando todo o peso de sua dor e de seus sonhos. A súplica sincera, que flui confiadamente, é a melhor expressão de um coração que renunciou à auto-suficiência, reconhecendo que sozinho, nada é possível. Um breve instante sintetiza uma viva experiência espiritual” (DAp 259).
O que o texto diz para minha vida?
O texto fala de outro  lugar de encontro com Jesus Cristo, a espiritualidade popular:

-  expressões desta espiritualidade:
- as festas patronais,
- as novenas,
- os rosários 
- a via crucis,
- as procissões,
- as danças
- os cânticos do folclore religioso,
- o carinho aos santos e aos anjos,
- as promessas,
- as orações em família.
- as peregrinações, em meio a tantos irmãos, caminhando juntos para Deus que os espera.
- o próprio Cristo se faz peregrino e caminha ressuscitado entre os pobres.
Participo destes momentos tão especiais?

O que o texto me leva a dizer a Deus?
Faço, com toda a Igreja, a
Oração do Brasil na missão continental
Senhor, Deus da vida e do amor, enviastes o vosso Filho 
para nos libertar das forças da morte 
e conduzir-nos no caminho da esperança.
Movei-nos pelo dom do vosso Espírito!
Fazei-nos discípulos,
comprometidos com o anúncio do Evangelho em nossa Pátria,
em comunhão com a Missão Continental.
Fazei-nos missionários,
caminhando ao encontro de nossos irmãos e irmãs,
acolhendo a todos, sobretudo os jovens,
os afastados, os pobres, os excluídos.
Virgem Mãe Aparecida,
Intercedei junto ao vosso Filho,
para que sejamos fiéis ao nosso compromisso de discípulos missionários.
Amém!

29o. Encontro: Lugares de encontro com Jesus Cristo: religiosidade popular

O que diz o texto?


O que o texto me diz?
O Santo Padre destacou a “rica e profunda religiosidade popular, na qual aparece a alma dos povos latino-americanos, e a apresentou como “o precioso tesouro da Igreja católica na América Latina”. Convidou a promovê-la e a protegê-la. Esta maneira de expressar a fé está presente de diversas formas em todos os setores sociais, em uma multidão que merece nosso respeito e carinho, porque sua piedade “reflete uma sede de Deus que somente os pobres e simples podem conhecer”. A “religião  do povo latino-americano é expressão da fé católica. É um catolicismo popular”, profundamente inculturado, que contém a dimensão mais valiosa da cultura latino-americana.” (DAp 258).
O que o texto diz para minha vida?
O texto fala de outro  lugar de encontro com Jesus Cristo, a religiosidade popular:
- Definiu como “rica e profunda religiosidade popular, na qual aparece a alma dos povos latino-americanos, 
- Convidou a promovê-la e a protegê-la.
- está presente de diversas formas em todos os setores sociais,
- em uma multidão que merece nosso respeito e carinho,
- piedade que “reflete uma sede de Deus que somente os pobres e simples podem conhecer”. 
-  é expressão da fé católica.
- É um catolicismo popular”, profundamente inculturado.
Como vejo a religiosidade popular? Valorizo-a?
Participo de celebrações com o povo, como: novenas, rezas do terço, ofício de Nossa Senhora e outros?


O que o texto me leva a dizer a Deus?
Faço, com toda a Igreja, a
Oração do Brasil na missão continental
Senhor, Deus da vida e do amor, enviastes o vosso Filho 
para nos libertar das forças da morte 
e conduzir-nos no caminho da esperança.
Movei-nos pelo dom do vosso Espírito!
Fazei-nos discípulos,
comprometidos com o anúncio do Evangelho em nossa Pátria,
em comunhão com a Missão Continental.
Fazei-nos missionários,
caminhando ao encontro de nossos irmãos e irmãs,
acolhendo a todos, sobretudo os jovens,
os afastados, os pobres, os excluídos.
Virgem Mãe Aparecida,
Intercedei junto ao vosso Filho,
para que sejamos fiéis ao nosso compromisso de discípulos missionários.
Amém!
(continuaremos refletindo sobre os lugares de encontro com Jesus Cristo)