93. A vida só se desenvolve plenamente na comunhão fraterna e justa



1. O que diz o texto?
Convida a refletir sobre a vida:
Descobrimos, dessa forma, uma profunda lei da realidade: a vida só se desenvolve plenamente na comunhão fraterna e justa. Porque "Deus em Cristo não redime só a pessoa individual, mas também as relações sociais entres os seres humanos". Diante de diversas situações que manifestam a ruptura entre irmãos, compele-nos que a fé católica de nossos povos latino-americanos e caribenhos se manifeste em vida mais digna para todos. O rico magistério social da Igreja nos indica que não podemos conceber uma oferta de vida em Cristo sem um dinamismo de libertação integral, de humanização, de reconciliação e de inserção social.
(DAp 359).



2. O que diz o texto para mim, para nós?
O texto nos diz que:
- há uma profunda lei da realidade: a vida só se desenvolve plenamente na comunhão fraterna e justa.
- "Deus em Cristo não redime só a pessoa individual, mas também as relações sociais entres os seres humanos".
- diante de diversas situações que manifestam a ruptura entre irmãos, compele-nos que a fé católica de nossos povos latino-americanos e caribenhos se manifeste em vida mais digna para todos.
- o magistério social da Igreja nos indica que não podemos conceber uma oferta de vida em Cristo sem um dinamismo de libertação integral, de humanização, de reconciliação e de inserção social.



3. O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo com toda a Igreja, a
Oração do Brasil na missão continental
Senhor, Deus da vida e do amor,
enviastes o vosso Filho
para nos libertar das forças da morte
e conduzir-nos no caminho da esperança.
Movei-nos pelo dom do vosso Espírito!
Fazei-nos discípulos,
comprometidos com o anúncio do Evangelho em nossa Pátria
em comunhão com a Missão Continental.
Amém.

Nenhum comentário: