34.Lugares de encontro com Cristo: espiritualidade popular


Reflexão sobre o Documento da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe

O que diz o texto?
"Não podemos rebaixar a espiritualidade popular ou considerá-la um modo secundário da vida cristã, porque seria esquecer o primado da ação do Espírito e a iniciativa gratuita do amor de Deus. A piedade popular contém e expressa um intenso sentido da transcendência, uma capacidade espontânea de se apoiar em Deus e uma verdadeira experiência de amor teologal. É também uma expressão de sabedoria sobrenatural, porque a sabedoria do amor não depende diretamente da ilustração da mente, mas da ação interna da graça. Por isso, a chamamos de espiritualidade popular. Ou seja, uma espiritualidade cristã que, sendo um encontro pessoal com o Senhor, integra muito o corpóreo, o sensível, o simbólico e as necessidades mais concretas das pessoas. É uma espiritualidade encarnada na cultura dos simples, que nem por isso é menos espiritual, mas que o é de outra maneira."(DAp 263)

O que o texto me diz?
O texto fala de outro lugar de encontro com Jesus Cristo, a espiritualidade popular:
- é o primado da ação do Espírito e
- a iniciativa gratuita do amor de Deus,
- contém e expressa um intenso sentido da transcendência,
- uma capacidade espontânea de se apoiar em Deus e
- uma verdadeira experiência de amor teologal,
- é uma expressão de sabedoria sobrenatural,
-  a sabedoria do amor não depende diretamente da ilustração da mente,
- é ação interna da graça,
- é uma espiritualidade cristã,
- um encontro pessoal com o Senhor, i
- integra muito o corpóreo, o sensível, o simbólico e as necessidades mais concretas das pessoas,
- é uma espiritualidade encarnada na cultura dos simples.
Conheço ou tenho alguma experiência neste sentido? 

O que o texto me leva a dizer a Deus?
Faço, com toda a Igreja, a
Oração do Brasil na missão continental
Senhor, Deus da vida e do amor, enviastes o vosso Filho
para nos libertar das forças da morte
e conduzir-nos no caminho da esperança.
Movei-nos pelo dom do vosso Espírito!
Fazei-nos discípulos,
comprometidos com o anúncio do Evangelho em nossa Pátria,
em comunhão com a Missão Continental.
Fazei-nos missionários,

caminhando ao encontro de nossos irmãos e irmãs,
acolhendo a todos, sobretudo os jovens,
os afastados, os pobres, os excluídos.
Virgem Mãe Aparecida,
Intercedei junto ao vosso Filho,
para que sejamos fiéis ao nosso compromisso de discípulos missionários.
Amém!

33. Lugares de encontro com Cristo: a mística popular

Reflexão sobre o Documento da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe
O que diz o texto?

O que o texto me diz?
(DAp 262).

O que o texto diz para minha vida?
O texto fala de outro lugar de encontro com Jesus Cristo, a mística popular:
-  fé que se encarnou na cultura pode ser aprofundada e penetrar cada vez mais na forma de viver de nossos povos.
"É verdade que a fé que se encarnou na cultura pode ser aprofundada e penetrar cada vez mais na forma de viver de nossos povos. Mas isso só pode acontecer se valorizarmos positivamente o que o Espírito Santo já semeou. A piedade popular é um “imprescindível ponto de partida para conseguir que a fé do povo amadureça e se faça mais fecunda”. Por isso, o discípulo missionário precisa ser “sensível a ela, saber perceber suas dimensões interiores e seus valores inegáveis”. Quando afirmamos que é necessário evangelizá-la ou purificá-la, não queremos dizer que esteja privada de riqueza evangélica. Simplesmente desejamos que todos os membros do povo fiel, reconhecendo o testemunho de Maria e também dos santos, procurem imitá-los cada dia mais. Assim procurarão um contato mais direto com a Bíblia e uma maior participação nos sacramentos, chegarão a desfrutar da celebração dominical da Eucaristia e viverão melhor o serviço do amor solidário. Por este caminho será possível aproveitar o mais rico potencial de santidade e de justiça social que encerra a mística popular..
- isso só pode acontecer se valorizarmos positivamente o que o Espírito Santo já semeou. - a piedade popular é um “imprescindível ponto de partida para conseguir que a fé do povo amadureça e se faça mais fecunda”.
- o discípulo missionário precisa ser “sensível a ela, saber perceber suas dimensões interiores e seus valores inegáveis”. 
-  procurar um contato mais direto com a Bíblia e uma maior participação nos sacramentos,
- desfrutar da celebração dominical da Eucaristia 
-  viver melhor o serviço do amor solidário.
- aproveitar o mais rico potencial de santidade e de justiça social que encerra a mística popular
Tenho alguma experiência neste sentido? 
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Faço, com toda a Igreja, a
Oração do Brasil na missão continental
Senhor, Deus da vida e do amor, enviastes o vosso Filho
para nos libertar das forças da morte
e conduzir-nos no caminho da esperança.
Movei-nos pelo dom do vosso Espírito!
Fazei-nos discípulos,
comprometidos com o anúncio do Evangelho em nossa Pátria,
em comunhão com a Missão Continental.
Fazei-nos missionários,

caminhando ao encontro de nossos irmãos e irmãs,
acolhendo a todos, sobretudo os jovens,
os afastados, os pobres, os excluídos.
Virgem Mãe Aparecida,
Intercedei junto ao vosso Filho,
para que sejamos fiéis ao nosso compromisso de discípulos missionários.
Amém!

32. Lugares de encontro com Jesus Cristo: piedade popular



O que diz o texto?

O que o texto me diz?

" A piedade popular penetra delicadamente a existência pessoal de cada fiel e ainda que se viva em uma multidão, não é uma “espiritualidade de massas”. Nos diferentes momentos da luta cotidiana, muitos recorrem a algum pequeno sinal do amor de Deus: um crucifixo, um rosário, uma vela que se acende para acompanhar um filho em sua enfermidade, um Pai Nosso recitado entre lágrimas, um olhar entranhável a uma imagem querida de Maria, um sorriso dirigido ao Céu em meio a uma simples alegria. (DAp 261).

O que o texto diz para minha vida?
O texto fala de outro lugar de encontro com Jesus Cristo, a peregrinação aos santuários:

- não é uma “espiritualidade de massas”. 
- é algum pequeno sinal do amor de Deus:
= um crucifixo,
= um rosário,
= uma vela que se acende para acompanhar um filho em sua enfermidade,
= um Pai Nosso recitado entre lágrimas, um olhar entranhável a uma imagem querida de Maria,
= um sorriso dirigido ao Céu em meio a uma simples alegria.
Tenho alguma experiência neste sentido? 
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Faço, com toda a Igreja, a
Oração do Brasil na missão continental
Senhor, Deus da vida e do amor, enviastes o vosso Filho
para nos libertar das forças da morte
e conduzir-nos no caminho da esperança.
Movei-nos pelo dom do vosso Espírito!
Fazei-nos discípulos,
comprometidos com o anúncio do Evangelho em nossa Pátria,
em comunhão com a Missão Continental.
Fazei-nos missionários,

caminhando ao encontro de nossos irmãos e irmãs,
acolhendo a todos, sobretudo os jovens,
os afastados, os pobres, os excluídos.
Virgem Mãe Aparecida,
Intercedei junto ao vosso Filho,
para que sejamos fiéis ao nosso compromisso de discípulos missionários.
Amém!